14°C 26°C
Foz do Iguaçu, PR
Publicidade

Processo seletivo da UNILA começa dia 22 por meio do Sisu e Enem

A Universidade oferece 841 vagas em 28 cursos de graduação; curso de Música terá seleção própria por meio do Enem e oferece 19 vagas

16/01/2024 às 10h25
Por: JNT NEWS
Compartilhe:
Processo seletivo da UNILA começa dia 22 por meio do Sisu e Enem
A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) oferece 841 vagas em 28 cursos de graduação para ingresso em 2024, por meio do SISU. Os interessados em estudar na universidade devem ficar atentos ao período de inscrição do Sisu, entre 22 e 25 de janeiro. Além dessas, são ofertadas mais 19 vagas para o curso de Música, com início das inscrições também no dia 22 (leia abaixo). Como em toda universidade pública, os cursos oferecidos pela UNILA são gratuitos. As aulas terão início em maio.As notas do Enem devem ser divulgadas nesta terça-feira (16). Neste ano, haverá apenas uma edição do Sisu – em anos anteriores era realizada uma inscrição no segundo semestre. Para participar desta seleção, o candidato deve ter realizado o Enem em 2023. Não é exigida pontuação mínima, mas o estudante não pode ter obtido nota zero na prova de redação. Cada candidato poderá se inscrever em até dois cursos. As inscrições devem ser feitas na página do Sisu. O resultado está programado para o dia 30.A primeira convocação de aprovados será realizada pelo Sisu. Havendo vagas não preenchidas, a UNILA fará a próxima chamada a partir da lista de espera. Aqueles que não foram convocados na primeira chamada devem inscrever-se na lista de espera do Sisu entre 30 de janeiro e 7 de fevereiro.As formas de convocação, o quadro de vagas de cada curso com a divisão por cotas, a documentação exigida para a matrícula e outras informações estão disponíveis no edital Prograd 01/2024 e seus anexos e no site da UNILA. A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) orienta os candidatos interessados em vagas na UNILA a fazer a leitura do edital e providenciar, antecipadamente, a documentação necessária.CotasA UNILA reservou para estudantes de escolas públicas 50% do total das vagas 841 disponíveis. Neste percentual estão incluídas as cotas para estudantes de baixa renda; pretos, pardos e indígenas (PPI); pessoas com deficiência (PCD); e quilombolas – estes incluídos na recente atualização da Lei de Cotas, realizada no final do ano passado. Além da inclusão de quilombolas, a lei também reduziu o teto da renda familiar dos estudantes que podem ser inseridos nas ações afirmativas por meio do perfil socioeconômico. O teto baixou para um salário mínimo por pessoa. Anteriormente, o teto era de 1,5 salário mínimo por pessoa.Um outro ponto modificado diz respeito à forma de ingresso. O candidato inscrito nas cotas será selecionado pela ampla concorrência, caso tenha nota suficiente, liberando a vaga como cotista para outro estudante. “O governo federal está buscando ampliar o acesso de estudantes oriundos da escola pública nas universidades públicas”, destaca o pró-reitor de Graduação, Antonio Machado Felisberto Júnior, completando: “essa não é a realidade atual, onde aluno de escola pública acaba estudando em universidade privada”. Segundo ele, a ideia é começar a reverter este quadro. “Essa mudança traz uma ampliação real de vagas para estudantes de escola pública. Acho que esse é o grande diferencial do Sisu deste ano.”MúsicaAs inscrições para o processo seletivo do curso de Música também começam na segunda-feira (22). O curso de Música da UNILA é o único a não utilizar o Sisu. A seleção é realizada de acordo com a nota do Enem e por meio de prova de habilidades específicas. Podem participar da seleção candidatos que tenham feito o Enem entre 2019 e 2023. As inscrições terminam no dia 4 de fevereiro. As informações completas estão disponíveis no edital PROGRAD 03/2024 e na página de ingresso no site da UNILA.
Estão sendo ofertadas 19 vagas distribuídas da seguinte forma: pesquisa em música (5), canto (1), percussão (4), piano (4), violão (3) e criação musical (2). Também há reserva de 50% do total de vagas para estudantes de escolas públicas, incluindo cotas para estudantes de baixa renda; pretos, pardos e indígenas (PPI); pessoas com deficiência (PCD); e quilombolas.Para a prova de habilidades específicas os candidatos deverão enviar um vídeo de uma apresentação musical que varia de acordo com a formação escolhida (veja o edital). Nesse ano, será possível informar, no formulário de inscrição, um link privado de vídeos armazenados em plataformas digitais, facilitando o processo. O resultado da seleção está previsto para 19 de fevereiro, quando tem início o prazo para apresentação de eventuais recursos. 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários